Entenda o que é o exame toxicológico de larga janela de detecção

Tempo de leitura: 5 minutos

Uma oportunidade de emprego surgiu? E uma das exigências do empregador é que o exame toxicológico de larga janela de detecção seja feito, já que parte do trabalho envolve o transporte profissional nas categorias C, D ou E?

O exame pode  parecer complicado, porém é simples e indolor. Quer saber mais sobre a facilidade de coleta para o exame? Então continue a leitura.

O que é o exame toxicológico de larga janela de detecção?

O exame toxicológico é capaz de indicar o uso substâncias psicoativas, ou seja, drogas como: maconha, cocaína e anfetaminas em um longo período de tempo. Normalmente, esse período varia entre 90 e 180 dias depois do consumo, por isso o nome de “larga janela de detecção”. O que indica o consumo dessas substâncias é a queratina presente no cabelo e nos pelos do corpo. 

De acordo com a Lei 13.103/15, o exame é obrigatório para todos os motoristas das categorias descritas acima, sendo a mais conhecida como a ‘lei do caminhoneiro’ ou a ‘lei do motorista’. Sua concepção serve para constatar que o teste seja realizado previamente à admissão, garantindo também o direito à contraprova caso o resultado seja positivo. Tudo isso é feito de forma confidencial

Como é feito?

Basta que o profissional do transporte compre o exame online, imprima o comprovante e se dirija até o laboratório credenciado pelo DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito), o que gera mais confiabilidade por parte do empregador. 

A coleta é simples: uma pequena mecha de cabelo é cortada,o teste é indolor e não invasivo, pois não faz o uso de agulhas.

Outro lado positivo é a isenção de preparação prévia, como o jejum e agendamento, tornando o exame muito prático para ser realizado. Todavia, alguns requisitos são necessários para que o exame seja realizado da maneira mais prática: o cabelo não pode estar molhado ou úmido; e que possua, obrigatoriamente, pelo menos quatro centímetros de comprimento. 

Por que o cabelo?

Porque é na queratina que as substâncias se fixam por mais tempo, mesmo que a droga já tenha sido eliminada do sangue e da urina.

A queratina representa cerca de 90% da constituição do fio, por este motivo a droga pode ser detectada nela por até 6 meses. Contudo a quantidade e o tempo de consumo podem influenciar no tempo que as drogas irão permanecer no organismo. Além disto, a diferença de metabolismo de cada indivíduo (mais rápido ou lento) também é determinante nisto.

Se o motorista não puder ceder o cabelo para coleta, o exame pode ser feito usando a raspagem dos pelos do corpo

Outra dúvida frequente entre os motoristas é se tintura de cabelo, procedimentos de relaxamento, desodorante e cremes corporais interferem no resultado. A resposta é não! Mas o uso de tratamentos estéticos nos fios devem ser informado na hora da coleta.

Substâncias detectáveis no exame toxicológico de larga janela de detecção

O teste pode detectar uma grande variedade, mas, como mencionado anteriormente, as drogas ilícitas detectáveis no exame toxicológico de larga janela de detecção são: 

O teste não é feito para detectar a presença de álcool, cigarro, energéticos, anabolizantes, calmantes e antidepressivos. Contudo, alguns medicamentos que possuem as substâncias dosadas podem proporcionar um resultado positivo, para estas situações, a prescrição médica comprovando o uso terapêutico da substância é o suficiente para que o laudo seja revisto e não haja nenhum prejuízo ao motorista.

Por este motivo é importante que o motorista, caso faça o uso de alguma substância prescrita pelo médico e que seja detectável pelo exame,apresente a receita médica no dia da coleta.

Casos em que o exame toxicológico é utilizado

Hoje, o teste faz parte da vida dos motoristas na hora de renovar, emitir ou alterar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ou em admissão de empresas, candidatos à concurso público e até pilotos na aviação civil.

Quando se trata da admissão dos profissionais do transporte que trabalham com carteira de trabalho assinada, o exame é obrigatório e o resultado sendo positivo ou negativo deve ser mandado ao Ministério do Trabalho pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o CAGED. 

A convivência com quem consome drogas 

Não há riscos de um falso positivo para quem convive ou usa roupas e bonés de algum usuário de substância ilícita. Ainda assim, um processo de lavagem das amostras para que o resultado seja o mais legítimo possível, assim substâncias na superfície do cabelo e que não estão presentes na queratina não será levada em consideração.

O resultado 

Assim que o exame é finalizado, o resultado é  anexado no sistema do Registro Nacional de Carteira de Habilitação, o RENACH, para os motoristas. 

Conclusão

Quais são as vantagens deste exame para a população como um todo? Se pararmos pra pensar, o exame toxicológico é essencial, tanto para motoristas, para que haja uma garantia de segurança nas estradas. Além do mais, empresas exigem o teste para que o motorista consiga seguir uma extensa jornada de trabalho com segurança.

Tem mais alguma dúvida sobre o exame? Entre em contato conosco já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *