5 Dicas para acabar com a Insônia

Tempo de leitura: 4 minutos

A insônia é um problema sério que prejudica sua saúde e pode atrapalhar seu desempenho no trabalho como caminhoneiro.

Poucas coisas deixam as pessoas mais cansadas do que uma noite de sono perdida, não é mesmo?

Esse mal é um grande problema para os brasileiros. Ele atinge cerca de 73 milhões de pessoas. Além disso, 30 a 40% da população ainda irá sofrer com a insônia em algum momento de suas vidas.

Mas esse mal tem tratamento. Quer saber o que deve ser feito? Então, continue a leitura!

O que é insônia?

O ciclo do sono dura mais ou menos sete horas e meia. A insônia é um distúrbio persistente do sono.

Pessoas acometidas por esse problema têm dificuldade para adormecer ou para permanecer dormindo durante todo o período do ciclo.

Como resultado, o descanso não acontece como deveria. Quem sofre com a insônia tende a ficar cansado, sem energia, com falta de atenção e alterações no humor.

De modo geral, toda a vida da pessoa acaba sendo prejudicada.

Quais os sintomas da insônia?

Quem tem insônia pode sofrer com os seguintes sintomas:

  • dificuldade para dormir;
  • acordar várias vezes durante a noite;
  • acordar muito cedo sem necessidade;
  • se sentir cansado mesmo depois da noite de sono;
  • cansaço e falta de energia ao longo do dia;
  • irritabilidade, ansiedade e tristeza;
  • falta de concentração e perda de memória;
  • dores de cabeça;
  • problemas gastrointestinais (dificuldade de digestão, gastrite, úlcera etc);
  • excessiva preocupação com o sono.

Quais os tratamentos para insônia?

Uma das formas mais efetivas de tratar a insônia é conhecida como higiene do sono.

Existem medicamentos para ajudar a dormir?

Sim, existem, mas eles tendem a perder o efeito com o tempo e há possibilidade de gerar dependência.

Então, o melhor a fazer é mudar os seus hábitos para garantir que seu sono seja melhor.

Por isso, separamos cinco dicas que vão ajudar nesse processo. Anota aí!

1. Escolha locais escuros para dormir

A melatonina, que é a famosa substância do sono, é liberada em nosso corpo quando estamos em locais escuros.

Então, evite dormir em ambientes muito claros, seja pela iluminação da televisão, do celular, do computador ou mesmo da lua.

2. Deite-se apenas quando estiver com sono

Para ter um bom sono você precisa associar a sua cama à sensação de dormir.

Fazer isso é muito simples: deite-se apenas quando estiver com sono. Quer descansar no meio do dia? O ideal é tentar outros locais fora da cama.

3. Evite agitações antes da hora de ir para a cama

Dormir não é uma tarefa simples. Precisamos cuidar do nosso corpo e mente e prepará-los para que consigamos adormecer na hora que o sono chegar.

Então, cerca de trinta minutos antes de ir para a cama, é importante parar com as atividades estressantes. Isso inclui jogos, troca de mensagens e qualquer outra coisa que demande muita atenção.

4. Aproveite a luz do sol

Como falamos, a melatonina é uma das grandes responsáveis pelo sono e ela é liberada em ambientes escuros.

Isso significa que você precisa passar o seu dia em locais claros. Se não a produção desse hormônio fica desregulada, o sono aparece fora de horário, gerando cansaço à tarde e agitação no período da noite.

5. Não tenha períodos de sono excessivamente longos

O sono do ser humano acontece em ciclos. Durante uma noite, pouco mais de sete horas, em geral, são suficientes para ficarmos descansados.

Ficar deitado por muito tempo fará com que seu corpo não se acostume com os ciclos e não os aproveite direito.

Além disso, sono de qualidade é resultado de uma rotina.

Se você tem horários e durações muito distintas durante sua semana de trabalho, há grande chance de você ter insônia em algum momento.

Chá para insônia funciona?

Para ter uma noite de sono ainda mais tranquila, você também pode consumir algum chá com componentes calmantes.

Essas bebidas ajudam no relaxamento (principalmente se forem consumidas quentes) e também a preparar seu corpo para a hora de dormir.

Algumas plantas excelentes para essa função são:

  • camomila;
  • melissa (erva-cidreira);
  • maracujá;
  • capim-limão;
  • mulungu;
  • valeriana;
  • passiflora;
  • erva-de-são-joão.

Ao seguir essas dicas e tomar os cuidados que pontuamos, a sua insônia deve diminuir. Caso isso não aconteça, é fortemente recomendado que você procure um médico do sono e siga o tratamento que ele recomendar!Gostou dessas dicas? Então, siga nossa página no Facebook e continue acompanhando nossas publicações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *